terça-feira, 11 de novembro de 2008

OS FILHOS E FILHAS DE MARIA

Bíblia, traduzida por João Ferreira de Almeida, Edição Revista e Atualizada.

Há uma mentira contada a muitos anos que diz que Maria só teve um filho chamado Jesus, por isso ela e chamada de sempre virgem Maria, ou imaculada, mas vamos ver se tem base Bíblica o que ensinam os romanistas e outras religiões. Eles dizem que o texto que se encontra nos Evangelhos não quer dizer que eram irmãos carnais de Cristo e sim irmãos na fé ou ate primos. Observemos e analisemos o texto de (E.Mateus - 13.55-56),
"Não é este o filho do carpinteiro? Não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos, Tiago, José, Simão e Judas?
Não vivem entre nós todas as suas irmãs? Donde lhe vem, pois, tudo isto?". A Bíblia quando fala da parentela de Jesus e de sua mãe e bem especifico, veja alguns exemplos:
* (E.Mateus - 10.2)"Ora, os nomes dos doze apóstolos são estes: primeiro, Simão, por sobrenome Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão;".
* (E.Marcos - 6.4)"Jesus, porém, lhes disse: Não há profeta sem honra, senão na sua terra, entre os seus parentes e na sua casa".
* (E.Lucas - 21.16)"E sereis entregues até por vossos pais, irmãos, parentes e amigos; e matarão alguns dentre vós".
Observamos com esses poucos textos, que quando a Bíblia se refere a alguém, ela diz que ele é parente ou não. Mas alguns absurdos ate foram usados naquela época, como em 1854, a “Imaculada Conceição de Maria” torna-se dogma. No Evangelho de Lucas 1.36
" E eis que também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril..." Naqueles dias quando queriam falar de alguem eles espescificavam se ele era parente ou não, então esta desculpa não pega. Veja os testos a seguir: (Evangelho de Lucas 14.12)
"E dizia também ao que o tinha convidado: Quando deres um jantar, ou uma ceia, não chames os teus amigos, nem os teus irmãos, nem os teus parentes, nem vizinhos ricos, para que não suceda que também eles te tornem a convidar, e te seja isso recompensado". (Evangelho de Lucas 21.16),
"E até pelos pais, e irmãos, e parentes, e amigos sereis entregues; e matarão alguns de vós".Veja o absurdo que se ensina no Catolicismo Romano, entre nessa pagina:http://regismesquita.sites.uol.com.br/irmaosjesus.htm

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

O NASCIMENTO DE JESUS CRISTO

Bíblia do Obreiro. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil.
Evangelho de Mateus Capítulo 1, Versículo 18
Versículo 18 "Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: estando Maria, sua mãe, desposada com José, sem que tivessem antes coabitado, achou-se grávida pelo Espírito Santo".
Nas Entrelinhas "Conforme o Versículo 18, mostra que Maria tinha sido prometida para José e que antes deles se casarem devem ter se conhecido e namorado, pois a cultura Judaica muitas vezes casava um jovem rapaz com uma jovem moça, naqueles tempos o pai da noiva recebia um dote, ou muitas vezes o rapaz que iria se casar, passava a morar na casa da moça". A Bíblia não relata estas situações mas da para entender que eles estavam casados a pouco tempo(E.Mateus-1.18"..desposada com José, sem que tivessem antes coabitado,)". A palavra "desposada" quer dizer casar-se ou Fazer casar; significa que estavam casados, mas porque o medo de José se eles já estavam casados? O problema é que tudo aconteceu muito rápido, e os pais da moça poderiam pensar que antes de desposa-la ele poderia ter desonrado a moça. Com certeza ela já devia estar sentindo os sintomas da Gravides e sua mãe logo perceberia e os vizinhos também com isso José seria julgado pelas autoridades como se tivesse desonrado aquela moça, e a sua família. Foi por isso que José quis abandonar Maria quando ficou sabendo do acontecido. E.Mateus - 1.19 "Mas José, seu esposo, sendo justo e não a querendo infamar, resolveu deixá-la secretamente". No versículo 19 mostra que ele era justo e conhecedor dos mandamentos de Deus. Perante o povo ele poderia causar para aquela família um problema muito grande, pois vivendo numa sociedade machista onde os homens não eram julgados por seus erros. Mas as mulheres sofreriam e até seriam condenadas como prostitutas, podendo ate ser apedrejada pelo povo. José pensou em se afastar, mas sendo Divinamente avisado, seguiu as orientações do anjo de Deus. Nos testos seguintes mostra que depois de Jesus nascer José não teve nenhum relacionamento intimo com Maria, mas depois do nascimento ele a conheceu. Significa que depois o casal teve mais filhos e filhas. (Evangelho de Mateus 1.25),
"E não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogénito; e pôs-lhe por nome Jesus". (Evangelho de Mateus 13.55),

"Não é este o filho do carpinteiro? e não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos Tiago, e José, e Simão, e Judas? 

56 E não estão entre nós todas as suas irmãs? De onde lhe veio, pois, tudo isto?".